Pular para o conteúdo

Notícias

Prêmio Celso Furtado é apresentado a prefeitos

Prêmio Celso Furtado é apresentado a prefeitos

Reconhecimento da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério está em sua quarta edição e destaca boas práticas pelo país
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 12/05/2017 | 13:34

Última modificação: 26/06/2017 | 09:49

Brasília-DF, 24/4/2017 - A equipe da Coordenação Geral de Planejamento Regional (CGPR) do Ministério da Integração Nacional, representando a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), apresentou na última quarta-feira (26) o -Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional - 4ª Edição: homenagem a Milton Santos- a prefeitos de todo o Brasil. Os dirigentes participavam do IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (IV EMDS) no Estádio Mané Garrincha.

Desde 2009, o Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional é realizado com o objetivo de dar publicidade a novos projetos e boas práticas que envolvam o progresso no país com a finalidade de multiplicá-los.  Além disso, toda edição conta com um homenageado que tenha sido, de certa forma, importante para o avanço da questão regional brasileira. Este ano será Milton Santos, autor da obra O Espaço Dividido, onde aborda redes da economia urbana nos países subdesenvolvidos.

Durante a apresentação, o mestre de cerimônia Luiz Lima divulgou as categorias a serem premiadas: Produção do Conhecimento Acadêmico; Práticas exitosas de Produção e Gestão Institucional; Projetos Inovadores para Implantação no Território; Amazônia - Tecnologia Inovações; Centro-Oeste - Desenvolvimento para a Faixa de Fronteira; Nordeste - Inovação e Sustentabilidade.

Segundo Lima, a ação é muito importante para incentivar a criação de novas práticas para o desenvolvimento de regiões. Ele lembrou que outras cidades podem usar os bons exemplos para obter crescimento, principalmente áreas mais carentes, como o Norte e o Nordeste. O Projeto Cidade Verde, um dos vencedores de 2012, chamou atenção de representantes municipais de Palmas, que procuraram os organizadores com a intenção de executá-lo na capital do Tocantins.

O vencedor recebe R$ 15 mil reais e o segundo colocado R$ 10 mil reais, além de diplomas de reconhecimento de mérito na categoria em que concorreram. O regulamento está disponível no site www.mi.gov.br/premio e as inscrições poderão ser feitas entre 1 de junho e 31 de julho de 2017.

Também estavam presents durante os dias de evento o Dr. Marcos Formiga, do Centro Celso Furtado e o Prof. Aldo Paviani, Diretor de Estudos Urbanos e Ambientais, da Codeplan/DF.


Ações

Apoio:

 

 

 

 

 

 

Patrocínio:

 

 

 

 

Realização: